Formas e sentidos. Uma conversa-crítica com Paulo Henriques Britto 

Li Nenhum mistério assim que saiu dos cadernos virtuais que Paulo Henriques Britto mantém na nuvem e virou um arquivo pdf enviado & ...

Se é desejo, se é medo, se é ódio

um poema a w.h. auden   que a noite torna a urgir com nossa partida como crianças que apanham chuva sem gosto parado no torve ...

As horas tenras da manhã

Feridas adensam a presença do mundo em nós. Pois abrem a pele, primeira fronteira humana. O corpo lesionado (em carne viva, como se ...

É sem cartilha que a flor se elabora

  Perto de completar 35 anos de carreira como escritora, se tomarmos como marco público a primeira edição de Estarre ...

Nadar na piscina dos pequenos

  Texto publicado anteriormente na revista portuguesa Colóquio/Letras, nº 197, janeiro de 2018.   O primeiro poem ...

Bestiário

  Não há tragédia maior do que invocar um demônio e não ter corpo para recebê-lo. É um pou ...

Dante no inferno

  zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz  1-   MYSTÉRIOS Bolena gira úmidos olhões  &n ...

Dente torto

  minha casa tinha uma laje, a cozinha era grande, minha mãe me obrigava a tomar gemada no café da manhã, tem que to ...

A caricatura do mal

  Faz pouco tempo, coisa de dois meses, que o governo Trump acionou sua política de tolerância zero com a imigraç&ati ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2018 REVISTAPESSOA.COM