Copacabana, Lisboa

O fim do mundo é bonito

2021-07-30
Copacabana, Lisboa
  O hipocampo No céu branco desponta um clarão por trás dos edifícios virados para a praia. De cor laranja ...

A cidade já foi azul

2021-07-23
Copacabana, Lisboa
  Pedra do Leme Olhar pelas janelas do trem e perceber que a vida é um diorama de intensidades aleatórias. Há dia ...

A fuga dava-se pelo Tejo

2021-07-16
Copacabana, Lisboa
  Pijamas As entrevistas, as reuniões e as discussões são feitas de pijamas. Assim como, para os outros, o passei ...

O dilúvio veio

2021-07-09
Copacabana, Lisboa
  Medusa Agora ela vive numa outra esquina. São novas as madeixas loiras, muito compridas, das quais ela escova violentamente u ...

Figuras cinzentas num cais

2021-07-02
Copacabana, Lisboa
  Nostradamus Sorte é da escritora inglesa que observa uma marca na parede e lhe vem à mente uma cavalgada de cavaleiros ...

Houve uma vez...

2021-06-25
Copacabana, Lisboa
  Homem elástico O homem negro tem as pernas magras cobertas pelas meias brancas até o joelho. USa chinelos, bermuda e c ...

Há coisas que só existem nos poemas

2021-06-18
Copacabana, Lisboa
  Ibirapitanga Arar a terra devastada com uma quilha e rasgar todas as suas veias. Tirar sangue do solo, como fazem algumas espa&ccedi ...

Deus não existe

2021-06-10
Copacabana, Lisboa
  Padarias Nem gente, nem carros, nenhum bonde. Cemitério, hospital, cães dormindo. A Avenida. Agora o vento frio do hel ...

Só pousar no que é belo

2021-06-04
Copacabana, Lisboa
  Virginia Havia antes o desejo genuíno de deambular. Como diz Virginia, quando a porta se fecha atrás de nós, tu ...

Não dizem palavra

2021-05-28
Copacabana, Lisboa
  O catador Novamente. O catador abandona o enorme saco plástico preto abarrotado de latas amassadas de cerveja na beira do mar ...

O Porto faz explodir

2021-05-21
Copacabana, Lisboa
  O Porto  Murilo me acorda. "Vamos adiar o tediário", informa. "Enamorar-se de uma janela, talvez". A ...

Agora odeia o mar

2021-05-14
Copacabana, Lisboa
  Lázaro Comprar pão no final da tarde. Um pão francês quentinho. Vestir as máscaras e vamos pela ca ...

Era lá que Maria Elvira tinha um amante

2021-05-06
Copacabana, Lisboa
  Tragédia brasileira Não sei se já falei sobre a Rua Clapp com alguém. Talvez tenha pronunciado o nome da ...

Multidão de mistérios

2021-04-29
Copacabana, Lisboa
  Chinoiseries Hoje varro os rodapés do corredor contrariando a poeira eterna e efetiva. A vida se vive nos livros. Quem &eacut ...

Surfando os escombros até cair no mar

2021-04-23
Copacabana, Lisboa
  Crossfit e petshop Um homem usa os dedos para cavar o saco de lixo preto brilhante na esquina da rua escura. Reperdido, acocorado, s ...

Aqui tudo submerge

2021-04-16
Copacabana, Lisboa
  Renascimento Estava eu na lojinha da Vodafone no Rossio quando vi partir um auto-de-fé em direção à anti ...

Exu não vem

2021-04-09
Copacabana, Lisboa
  Erros Um homem com o seu telefone segue uma senhora numa cidade russa. Ela caminha por uma rua à procura de falhas, erros, ruínas, coisas ...

Tudo como num romance

2021-04-02
Copacabana, Lisboa
  Here is New York Há um homem aqui, conheço a cara dele, que diz que tudo é Nova York. Que o mundo todo acontece ...

Inutilizados pela miséria

2021-03-26
Copacabana, Lisboa
  Nessa altura do Apocalipse O novo zelador claramente não tem o corpo nem a vontade nem a alma adaptados à funç& ...

Eram todos telepatas naquela época

2021-03-19
Copacabana, Lisboa
  Luneta Havia aqui perto uma senhora com quem eu poderia conversar. Conhecia a Rússia, os alienígenas, a telepatia em t ...

Vai encontrar o poeta na lua

2021-03-12
Copacabana, Lisboa
  O último bonde Há os noctâmbulos. Diz o dicionário sem nome que pode-se tratar por noctâmbulos tant ...

As rachaduras do edifício

2021-03-05
Copacabana, Lisboa
  Cousa admirável "Sábado, trinta dias d'abril, no quarto d'alva, éramos com a boca do Rio de Janeir ...

É a murrinha neoliberal asfixiando o pacto social

2021-02-25
Copacabana, Lisboa
  Um piparote Um homem muito forte de regatas, ri safadamente e sem máscara pela calçada. Fala em línguas ao micr ...

O cheiro era este

2021-02-19
Copacabana, Lisboa
  Não adianta Não a encontrava em parte alguma em Lisboa. Houve dias assim, feitos exclusivamente da memória. O p ...

O mar é cego

2021-02-12
Copacabana, Lisboa
  de Trás do Hospício Aqui estou no Largo do Paço, diante do chafariz. Tem alguma elegância a sua forma pir ...

"Aquele que busca reconhecimento é artisticamente inferior"

2021-02-05
Copacabana, Lisboa
  Beduíno sereno O zelador lava com um esfregão os cantos do corredor de entrada do prédio. Seu corpo balan&ccedi ...

Tu abraçando as goiabeiras atlânticas

2021-01-29
Copacabana, Lisboa
  No meio das coisas Temos uma semana para recuperar o verão que havia aqui. Foi mesmo num janeiro em Piedade que vimos a esqua ...

Um novo rio, ainda mais pacato

2021-01-22
Copacabana, Lisboa
  Nunca foi uma baía A primeira rua de São Paulo fica em Lisboa. Não fede, não grita, tem os trinados dos ...

Isso sim era paz

2021-01-15
Copacabana, Lisboa
  Purga lenta Em Lisboa, até os discos de jazz tem nome de santo. Nomes bonitos, como os das portas santas, hoje destituí ...

Como se fosse um grito de guerra

2021-01-08
Copacabana, Lisboa
  Sol e silêncio No primeiro dia do ano, um homem almoça solitário no boteco. É a primeira vez que acontece ...

Um deus perverso

2020-12-18
Copacabana, Lisboa
  Gliese 667 Cc Ao final, deito-me aqui no areal do posto dois. Sem os óculos, as luzes do Copacabana Palace me servem de estre ...

O futuro não veio

2020-12-11
Copacabana, Lisboa
  O primeiro voo Erik Satie candidatou-se três vezes, antes dos trinta anos, à Academia de Belas-Artes. Falhou as tr&ecir ...

Suponho que seja um sábio

2020-12-04
Copacabana, Lisboa
  Praia afogada Toda antiguidade é obscura. Uma tradição fixou quanto tempo vive um pássaro mitológ ...

E então deus morre novamente

2020-11-27
Copacabana, Lisboa
  Assovio e varro Diariamente varro os sedimentos que caem das paredes da varanda. Copacabana é toda feita de areia e esse pr&e ...

"O que é pequeno acarreta muita pequenez"

2020-11-20
Copacabana, Lisboa
  Tísica Não há conserto possível. As calçadas tem bexiga e a primavera está tísica. ...

Você vai morrer

2020-11-13
Copacabana, Lisboa
  Sarjeta Na despensa, a farinha amanheceu repleta de carunchos. Larvinhas alvacentas comiam com tristeza a pimenta, o coentro, a hort ...

O poeta não dança

2020-11-06
Copacabana, Lisboa
  Lisboa, 15:30  “Em Lisboa, passei a vida à toa, à toa”, diria Bandeira se lá vivesse. É ...

Conversa com seres invisíveis

2020-10-30
Copacabana, Lisboa
  Um espelho Trouxe um espelho grande para casa. Durante a quarentena, nos víamos apenas pelo pequeno espelho sobre a pia do banheiro, guar ...

Verdades intransigentes

2020-10-23
Copacabana, Lisboa
  Experiência do lugar Há mil trajetos em Lisboa e para cada trajeto há um narrador lisboeta. Cada narrador lisboe ...

Sorria feito parva

2020-10-16
Copacabana, Lisboa
  Similar ao frango brasileiro A primeira coisa que gostei de Angra do Heroísmo foi a empada, esfarelenta como a brasileira. Go ...

O desejo é aquilo que vejo nos sonhos

2020-10-09
Copacabana, Lisboa
  O maior quintal do mundo Jonas Mekas disse que todas as mulheres da sua infância eram pássaros. Pássaros tristes ...

A ironia é um dos deuses mais lindos

2020-10-02
Copacabana, Lisboa
  Apocalipse de Baruch Puseram um véu branco sobre o prédio à frente. A árvore que tapa metade do pr&eacut ...

Naquela última curva de Sagres

2020-09-25
Copacabana, Lisboa
  Avejões Antônio Maria era grande e tinha a cara redonda. Homem de couvert e whisky, ele regia Copacabana. "Que sin ...

A literatura quando acaba tem cheiro de mofo

2020-09-18
Copacabana, Lisboa
  Descobri que te amo demais Um novo estabelecimento abriu na Avenida Atlântica. Furou o asfalto, o tédio, o escambau. Um ...

O mundo já acabou aqui de diversas formas

2020-09-11
Copacabana, Lisboa
  Capatões e toninhas Leixões é um sítio, mas poderia ser um monstro marinho como os chocos e  os per ...

De agora em diante

2020-09-04
Copacabana, Lisboa
  Estátua voadora soviética Uma pomba branca, maior do que as outras, voa em direção à janela do vi ...

Nunca houve trilha sonora tão bela

2020-08-28
Copacabana, Lisboa
  Semáforos cósmicos "Mas aqueles arcos sem teto eram então a Ópera de Lisboa?", me pergunta min ...

Tudo à mercê de inimigos terríveis

2020-08-21
Copacabana, Lisboa
  Vermes No dia 20 de agosto de 844, fazia calor em Lisboa. Cinquenta e quatro embarcações grandes e outras cinquenta e ...

O homem contente

2020-08-14
Copacabana, Lisboa
    Gramática O Francis Ponge. Dizem que não terminou o curso de direito porque não sabia falar em p&uacu ...

A primeira lembrança do mundo

2020-08-06
Copacabana, Lisboa
  Lojas Americanas Ir até as Lojas Americanas nas férias. Antes minha mãe diz que temos que passar no banco. Sua ...

Quero alegria

2020-07-31
Copacabana, Lisboa
Andorinha Longe do bairro, confinado algures sob outro céu, percebo já uma segunda lagarta negra sobre as pedras do jardim. Essa ...

Um ar-condicionado carioca

2020-07-24
Copacabana, Lisboa
  Homem azul Três horas da tarde o sol desce ao bairro. Amarelo, da ladeira do Leme às artérias que desaguam na Avenida Atlântica, encontra ...

Restolho de cidade

2020-07-17
Copacabana, Lisboa
    Outra praia Uma vez, Isadora Duncan pediu a João do Rio para ver aquela outra praia, depois da igrejinha de Nossa S ...

Era domingo

2020-07-10
Copacabana, Lisboa
  Abóboda craniana A rua chamava-se Haritoff por causa de Maurice. Nunca soube se era de São Petersburgo ou Moscou, mas ...

Se o sol vem

2020-07-03
Copacabana, Lisboa
  Seis horas Amanhece em São Pedro do Estoril. As rochas gigantescas na areia parecem fatias da cabeça ausente da Pedra da Gávea. A costa é ...

Diário das gaivotas

2020-06-11
Copacabana, Lisboa
  Diário das gaivotas A vida vista da varanda é anestésica. Há os pedaços de prédios, recort ...

Verde selvagem

2020-05-29
Copacabana, Lisboa
  Cachorros Na semana que houve o verão de 2020, fomos à praia. Dois catadores, cada um com sua bermuda tactel puí ...

Onde morre o sol

2020-05-22
Copacabana, Lisboa
  Domingo almorávida Num domingo ensolarado triste, parei por acaso no miradouro da igreja de Santa Luzia. Atravessada a Pra&cc ...

Conivência

2020-05-15
Copacabana, Lisboa
  O Leblon Tem dias que a vida pós-apocalíptica parece uma festa. O Domingos, por exemplo. Como bom carioca, o Domingos ...

A rua

2020-05-01
Copacabana, Lisboa
  Pombos Não tenho certeza se ainda há nos arredores da Estação Siqueira Campos a senhora de vermelho. Se ...

O universo está se desmanchando

2020-04-24
Copacabana, Lisboa
  O chinês do tamborim O carnaval são estas frases rigorosamente desarticuladas, escreveu o Carlinhos de Oliveira sobre u ...

Bandolim com corda arrebentada

2020-04-17
Copacabana, Lisboa
  Otário “Aí na moral, vou te furá, vou te furá, passa o telefone e o dinheiro”. Os olhinhos g ...

O mundo é logo ali fora

2020-04-03
Copacabana, Lisboa
Saio puto do metrô Estou enfermo, sofro dos nervos. Há uma receita médica que comprova que sofro dos nervos. Oito horas da ...

Sai, doentes do corpo e doentes d’alma

2020-03-20
Copacabana, Lisboa
  Cartório O ritual burocrático é reconhecidamente o ritual oficial de uma mudança. A mudança de vo ...

Umbigo do mundo

2020-03-09
Copacabana, Lisboa
O Pássaro Burro No meio da tarde, chuva de verão. Raios e trovões. O vento forte corre branco encharcado. Um único ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2021 REVISTAPESSOA.COM