Do Olhar à palavra

Coluna de Ana Vidal

Medusas

2017-05-20
Do Olhar à palavra
Mulheres Cruzam, destemidas, os sete mares de todas as incompreensões. Conhecem de cor cada traço do rosto da injustiça, ...

Vórtice

2017-04-30
Do Olhar à palavra
Vivemos depressa demais, ansiosos e vorazes, no permanente temor de perdermos comboios e lugares ao sol se nos detivermos para respirar. Para pen ...

Silêncio

2017-03-28
Do Olhar à palavra
  Há um silêncio novo que trespassa paredes e soalhos, penetra todas as frinchas da casa e nela se instala como rei e senhor ...

A view with no room

2017-03-20
Do Olhar à palavra
Teremos sempre Florença, dirás. E quem sou eu para contradizer-te, se podemos ser, para sempre, dois sôfregos Botticellis lus ...

Credo

2017-02-28
Do Olhar à palavra
Cedo me ensinaram a crer em Deus-Pai-todo-poderoso, em Maria-Mãe-sem-mácula (escrevia-Os sempre com maiúscula) e numa vida e ...

Brincadeira

2017-02-06
Do Olhar à palavra
Nas lixeiras imundas há crianças que brincam. Nos destroços de um sismo há crianças que brincam. Nas ru& ...

Descobrimento

2017-01-19
Do Olhar à palavra
E eis que um dia o Tejo espreita, cauteloso, por entre as colunas de pedra onde as gaivotas montam sentinela. O cais de tantas partidas, tantas i ...

No arame

2017-01-06
Do Olhar à palavra
  Pondera o passo a dar.   A vida é um plano inclinado, sabe-o bem. Há que descê-lo ou subi-lo tantas vezes quan ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2017 REVISTAPESSOA.COM