Jamil Chade

Jornalista, graduado em Relações Internacionais. Com passagens por mais de 70 países, atualmente é colunista do UOL, El País e do Grupo Bandeirantes. De seu escritório na sede da ONU em Genebra, ele tem contribuído com veículos internacionais como The Guardian, BBC, CNN, Le Temps, Swissinfo, CCTV, Al Jazeera, France24 entre outros. É autor de cinco livros, dois dos quais foram finalistas do Prêmio Jabuti. Ele também venceu o prêmio Nicolas Bouvier, na Suíça, foi eleito duas vezes como o melhor correspondente brasileiro no exterior pela entidade Comunique-se e escolhido como um dos 40 jornalistas mais admirados do país (Maxpress). Em 2020, o jornalista venceu o principal prêmio do ano da Associação Internacional da Imprensa Esportiva por suas revelações sobre a corrupção no futebol e, em 2021, recebeu o troféu Audálio Dantas por seu trabalho sobre direitos humanos e democracia

Recomendado

A ameaça é muito maior

2022-07-01
Ao Brasil, com amor
  Genebra, 1 de julho de 2022   Prezada Juliana Li nos jornais espanhóis uma notícia que desfarelou meu coração. A polí ...

"Não anularemos o ódio com mais ódio"

2022-05-25
Arte, Autonomia e Política
  Genebra, 25 de maio de 2022   Querida Juliana, Tua convocação ao pensamento reabriu uma velha ferida que levo comigo há anos. Ela ...

“Inimigo?”

2022-04-19
Ao Brasil, com amor
  Genebra, 19 de abril de 2022   Querida Juliana,   Você deve já ter percebido como a primavera aqui no Hemisfério ...

"Como vamos explicar no futuro essa pornografia moral?"

2022-03-15
Ao Brasil, com amor
  Genebra, 15 de março de 2022   Prezada Juliana, Olhando para o chão, vejo vários papéis amassados, formando um estranho cam ...

Formas de oração

2022-01-19
Ao Brasil, com amor
  Genebra, 19 de janeiro de 2022 Querida Juliana,   O ano de 2022 começou como havia sido prometido: intenso, gozador e desafiador. Esta cart ...

"Repensar nosso mundo a partir de questionamentos"

2021-12-05
Ao Brasil, com amor
  Genebra, 5 de dezembro de 2021   Querida Juliana, Tuas cartas não são meras correspondências. São poemas. E, como corre ...

O destino de milhões de meninas

2021-11-07
Ao Brasil, com amor
  Genebra, 7 de novembro de 2021   Querida Juliana, A luz do outono definitivamente desembarcou aqui aos pés dos Alpes. Pelas manhãs, ...

Eu te pergunto: e se optarmos por amar?

2021-10-03
Ao Brasil, com amor
  Genebra, 3 de outubro de 2021   Prezada Juliana,   Recebi tua carta num cenário cruelmente perfeito. Eu estava no ambulat&oacu ...

Essa não é uma carta-denúncia contra um governo

2021-09-01
Ao Brasil, com amor
  Genebra, 1 de setembro de 2021   Estimada Juliana, Escrevo-te enquanto noto, a cada fim de dia, que o verão europeu se aproxima de seu adeu ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2022 REVISTAPESSOA.COM