Saleem Haddad nasceu em 1983 na no Kuwait, filho de mãe iraquiana-alemã e pai palestino-libanês. Ele trabalhou para várias organizações internacionais, como o Médicos sem fronteiras, no Iêmen, Síria, Iraque, Líbia, Líbano e Egito. Seu primeiro romance, Guapa, publicado em 2016, conta a história de amadurecimento de um jovem gay que viveu as revoluções árabes de 2011. O romance recebeu aclamação da crítica do New Yorker, The Guardian e outros, foi premiado com uma honra Stonewall e ganhou o prêmio Polari First Book 2017. Haddad também foi selecionado como um dos 100 maiores pensadores globais de 2016 pela Foreign Policy Magazine. Seus ensaios e contos foram publicados em diversas publicações e antologias.  Atualmente vive entre Lisboa e Beirute. Em junho de 2017, ele foi um convidado da LCB com o apoio do Serviço de Relações Exteriores Alemão.

Desenvolvido por:
© Copyright 2021 REVISTAPESSOA.COM