Luiza Romão

É poeta, atriz, slammer e feminista. Leonina com ascendente em Áries, nasceu em Ribeirão Preto, interior de São Paulo, em 1992. Autora de Coquetel Motolove e Sangria, ambos publicados pelo selo doburro, encontrou a poesia nos saraus e slams da cidade de São Paulo. Atualmente, compõe a coletiva Palabreria. Gosta mesmo é de pôr o corpo pra jogo. Foto: Sérgio Silva.

Recomendado

Não há poemas para ti

2020-10-07
Fingimento
  I. cassandra entenda sis anunciar a desgraça não é o mesmo que remediá-la primeiro você dirá está podre depois ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2021 REVISTAPESSOA.COM