Ana Kiffer

Professora Associada da Pós-Graduação em Literatura, Cultura e Contemporaneidade da PUC-Rio, escritora, curadora da Exposição ‘Cadernos do Corpo’ (CCJF, 2016), uma das fundadoras da Revista DR, pesquisadora da obra do francês Antonin Artaud. Autora dos livros A punhalada [poesia], (7Letras, 2016, coleção Megamini), Antonin Artaud (EDUERJ, 2016), e das coletâneas Sobre o Corpo (7Letras, 2016), Expansões Contemporâneas – literatura e outras formas (UFMG, 2014), Experiência e Arte Contemporânea (Ed. Circuito, 2013), entre outros artigos e ensaios.
Recomendado

dos corpos .2

2017-10-01
Geopolítica dos Afetos
    É o que permite a Foucault dizer que seus livros, por mais eruditos que tenham sido, foram sempre concebidos como experiências diretas, vis ...

dos corpos

2017-09-01
Geopolítica dos Afetos
  .1.   lembro da sala lotada para ouvir Foucault. guardo o odor dos corpos cobertos pelas camadas que o frio impõe. ainda vejo o seu rosto anguloso ...

Tornar-se mulher - parte IV

2017-08-01
Geopolítica dos Afetos
  Continuarei do ponto partido. Das minhas quebras. Aquela fissura no punho esquerdo. Descoberta após o terremoto em Atenas. Quando deixei para trás o te ...

Tornar-se mulher - parte III

2017-07-20
Geopolítica dos Afetos
- o tornar-se mulher e o devir escrita ou o tornar-se escritora e o devir mulher - parte III   durante uma parte do ano de 2016 convivi com a voz dessa mulher a ...

Ato

2017-07-01
Geopolítica dos Afetos
Esta coluna decide não escrever NADA. Ela repudia o não cumprimento da lei dos salários dos funcionários públicos do Estado do Rio de Jan ...

Tornar-se mulher - parte 2

2017-06-04
Geopolítica dos Afetos
    para Wanda Araújo   Que essa garra de ferro Imensa Que apunhala a palavra Se afaste Das bocas dos poetas.   Hilda Hilst ...

Tornar-se mulher

2017-05-02
Geopolítica dos Afetos
- o tornar-se mulher e o devir escrita ou o tornar-se escritora e o devir mulher - parte I [...] esses momentos de silêncio não podem ser, não podem ...

A menina regente da multidão

2017-04-09
Geopolítica dos Afetos
Estava na corcunda do pai. Podia ver tudo. Estava firme e voava. Eu mesma só via as suas mãos. Pareciam reger multidões. Ouvia: daqui vejo um mundo. Canto ...

Neta de sapateiro

2017-02-22
Geopolítica dos Afetos
  Os mineradores insurgem no fundo da tela, come se saíssem de suas minas. Então emerge a outra beleza, a beleza estranhamente bela que porta o seu ...

Eu, Paterson e os cadernos

2017-02-07
Geopolítica dos Afetos
écoutez, le riz, voilà comment il faut le faire, une fois pour toute retenez ce qu’on vous dit. M. Duras   De fato não restava muito m ...

Ocupações

2016-11-24
Tabacaria
Os tempos sombrios são tempos de chumbo. Não somente impedem a nossa capacidade de ver além, e então, de desejar,mas também pesam sobre nossas nucas, crânios,esmagam nossa cap ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2017 REVISTAPESSOA.COM