Imagem sc829122016145420U98HL.jpg

Ascensão e queda da coxinha de frango



2015-03-19

O simpático salgado de padaria virou campo de batalha. Que homem ou mulher de consciência hoje seria capaz de comer uma coxinha sem meditar sobre as graves questões nacionais? O francês comia seus brioches e pensava em Maria Antonieta. Hoje, ao comer croissants, certamente deve pensar no Islã, em hijabs nas escolas e no ataque ao Charlie Hebdo: o formato de lua imita o Crescente para celebrar, dizem, a derrota dos muçulmanos no Cerco de Viena (1683). Ou a derrota do califado Omíada na Batalha de Tours (732), ninguém sabe ao certo. O fato é que o croissant também é campo de batalha: os jihadistas o proíbem, os Le Pen devem comer com um gosto plus perverse.

Comer é um ato cognitivo. O verbo saber quer dizer também sentir pelo paladar. Daí que possamos dizer que uma feijoada sabe bem, assim como um sociólogo sabe bem. A equivalência entre o sociólogo e a feijoada pode resultar em coisas bastante...

Continuar lendo

AINDA NÃO TEM PLANO? SELECIONE:

MICROPAGAMENTO

R$1,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA



  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição

MICROPAGAMENTO

R$1,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA





  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição
  1. As assinaturas e os micropagamentos são necessários para manter a Revista Pessoa

  2. Precisa de ajuda ou mais informação?
  3. Entre em contato:
  4. revistapessoa@revistapessoa.com


Victor Heringer

O poeta, cronista e ficcionista Victor Heringer  nasceu no Rio de Janeiro em 1988 e faleceu em 2018. Publicou Glória (7Letras, 2012, Prêmio Jabuti), O escritor Victor Heringer (7Letras, 2015), Lígia (e-galáxia, 2014), entre outros. Colaborou para a revista Pessoa entre 2013 e 2017.




Sugestão de Leitura


América do Sul em chamas

Eu estava num ônibus a caminho de La Paz, no que me parecia ser o meio da estrada, quando vimos os primeiros automóveis dando meia-v ...

Carta para Violeta

Doña Violeta, señora quantas vezes não chorei em seus braços despejado em seu colo como no colo de minha m&atil ...

Impressões do Peru

1. Quando eu era menino, queria viver num hipermercado, desses que vendem de iogurte a pneus. Fui crescendo e subindo na pirâmide de necess ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2019 REVISTAPESSOA.COM