Imagem 1611149320.jpg
Nau

Da inutilidade de oitenta anos

Foto: Desembarque de Pedro Álvares Cabral - Porto Seguro, 1500. Oscar Pereira da Silva



2021-01-20

Para pensar contra o ódio e a ignorância, é preciso continuar a ler o ser humano, em particular o brasileiro, este espécime singular. 

 

“Basta que se prometa a eternidade para fundar uma religião. Basta que se dê a ordem de matar para que abatam três quartos da humanidade. O que as pessoas querem? Viver ou morrer? Elas querem viver e matar e, enquanto elas querem isso, terão de se contentar com as várias promessas de vida eterna”.

Elias Canetti escreveu esse fragmento em 1942, no auge da Segunda Guerra. Cheguei a essas palavras por acaso em 2020, primeiro ano da pandemia, quando muitos de nós, em especial no Brasil em virtude do governo de Jair Bolsonaro, viram desmancharem-se no ar três faculdades vitais: empatia,...

Continuar lendo

AINDA NÃO TEM PLANO? SELECIONE:

MICROPAGAMENTO

R$ 3.50

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.


ASSINATURA

DESDE R$ 39.00

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA



  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição

MICROPAGAMENTO

R$ 3.50

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.


ASSINATURA

DESDE R$ 39.00

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA





  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição
  1. As assinaturas e os micropagamentos são necessários para manter a Revista Pessoa

  2. Precisa de ajuda ou mais informação?
  3. Entre em contato:
  4. revistapessoa@revistapessoa.com


Paula Fábrio

Nasceu em São Paulo, onde mora. É doutora em Literatura pela USP. Autora de Desnorteio (de 2012), romance vencedor do Prêmio São Paulo de Literatura, e Um dia toparei comigo (de 2015), livro finalista do mesmo prêmio. No corredor dos cobogós (Edições SM) é sua primeira obra juvenil.

 

 




Sugestão de Leitura


Só os poetas me comovem

Nau
  Penso que todo bom poeta deveria escrever uma certidão de óbito.  Conceição Evaristo compôs uma ...

Não leiam delicados este texto

Nau
  “A memória longínqua de uma pátria/ Eterna mas perdida e não sabemos/ Se é passado ou futuro o ...

O habitante irreal no labirinto da solidão

Nau
  O ensaio Nossos dias, de Octavio Paz, começa com estas palavras: “em certo sentido a Revolução [mexicana] re ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2021 REVISTAPESSOA.COM