Imagem 1581354755.jpg

“O som do rugido da onça”: alguns rastros

Local onde Miranha foi entregue a Martius. Esboço de Martius para a ilustração



2020-02-10

A partir desse momento compreendi que o meu empenho em saber mais sobre essas pessoas se dava pela necessidade de me compreender melhor como brasileira, de saber mais sobre a história do meu país que, naquele momento, em 2016, passava por graves confrontos políticos que o dividiriam inexoravelmente. Vendo a reprodução daquela placa em bronze decidi que gostaria de que mais pessoas soubessem sobre aquelas crianças arrancadas de sua terra, de suas famílias, de seus próprios nomes e línguas.

 

Em 2016, visitando uma exposição em um centro cultural na Avenida Paulista, me deparei com imagens conhecidas dos livros de História: duas litografias de crianças indígenas que ficaram conhecidas como “Juri” e “Miranha”, imagens capturadas no contexto da missão científico-cultural empreendida pelos naturalistas bávaros Spix e Martius, entre 1818 e 1821.

Soube ali que aquelas crianças não haviam sido apenas “capturadas artisticamente”, mas levadas até Munique para estudos e exibição na corte de Maximilian Joseph I, em Munique. O impacto dessas imagens se equiparou à perplexidade com que li o texto de parede do curador, que dizia, sem rodeios e sem verniz:...

Continuar lendo

AINDA NÃO TEM PLANO? SELECIONE:

MICROPAGAMENTO

R$ 3.50

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.


ASSINATURA

DESDE R$ 39.00

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA



  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição

MICROPAGAMENTO

R$ 3.50

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.


ASSINATURA

DESDE R$ 39.00

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA





  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição
  1. As assinaturas e os micropagamentos são necessários para manter a Revista Pessoa

  2. Precisa de ajuda ou mais informação?
  3. Entre em contato:
  4. revistapessoa@revistapessoa.com


Micheliny Verunschk

É autora dos romances O amor, esse obstáculo (Patuá, 2018), O peso do coração de um homem (Patuá, 2017), Aqui, no coração do inferno (Patuá, 2016) e nossa Teresa – vida e morte de uma santa suicida (Patuá, 2014), projeto com patrocínio da Petrobras Cultural. Também é autora dos livros Geografia Íntima do deserto (Landy, 2003), O observador e o nada (Edições Bagaço, 2003), A cartografia da noite (Lumme Editor, 2010) e maravilhas banais (Martelo Casa Editorial, 2017). O romance nossa Teresa – vida e morte de uma santa suicida foi ganhador do Prêmio São Paulo de Literatura 2015. Tem trabalhos publicados na França, Portugal, Espanha, Canadá e EUA. É mestre em Literatura e Literatura e Crítica Literária e Doutora em Comunicação e Semiótica.




Desenvolvido por:
© Copyright 2020 REVISTAPESSOA.COM