Imagem 1571328348.jpg

O novo obscurantismo (ou, porque este artigo não será censurado)

Foto: Philipp Katzenberger



2019-10-17

Fazer com que as pessoas percam o interesse em ler o que quer que seja é muito mais eficaz do que proibi-las de lerem o que se não quer. Por isso, tornou-se desnecessário censurar livros.

 

Nesses tempos de Twitter, 280 caracteres digitados por um mentecapto contam muito mais do que os 28 volumes da Enciclopédia de Diderot. Dizer que o mundo mudou, de lá para cá, seria de um laconismo de fazer inveja a Licurgo de Esparta. Não preciso explicar quem são Licurgo e Diderot, mesmo ciente que muitos não sabem, porque basta dar uma olhada na Wikipédia. Poderia até inserir aqui o link, mas corre o risco do leitor clicar e não retornar. O déficit de atenção é fenômeno inquietante da era digital. Circula mais informação nos dias de hoje do que nunca, mas...

Continuar lendo

AINDA NÃO TEM PLANO? SELECIONE:

MICROPAGAMENTO

R$ 3.05

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.


ASSINATURA

DESDE R$ 39.00

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA



  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição

MICROPAGAMENTO

R$ 3.05

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.


ASSINATURA

DESDE R$ 39.00

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA





  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição
  1. As assinaturas e os micropagamentos são necessários para manter a Revista Pessoa

  2. Precisa de ajuda ou mais informação?
  3. Entre em contato:
  4. revistapessoa@revistapessoa.com


Rafael Cardoso

É escritor e historiador da arte, PhD pelo Courtaud Institute of Art (Londres). É autor de numerosos livros sobre história da arte e do design brasileiros e também quatro livros de ficção, assim como roteiros de cinema e tevê. Colabora com a Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Instituto de Artes) e a Freie Universität Berlin (Lateinamerika Institut) como pesquisador associado. Atua ainda como curador independente. Fotografado por Patricia Breves.

 




Sugestão de Leitura


As línguas que fala sua revista

  A revista Pessoa completa dez anos. É um feito e tanto, num contexto histórico em que a maioria dos órgãos ...

Fraquejada à vista

  No domingo, 3 de maio, travestido de homem comum – com modelito camisa polo e calça jeans, e ar de quem vai até a b ...

Reflexões para a quarentesma

  Poucas pessoas sabem que fui criado num ambiente de fundamentalismo religioso. Não vou entrar em detalhes porque agora nã ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2020 REVISTAPESSOA.COM