Imagem 1562669793.jpg

O mundo sem explicação

Foto: Ronaldo Cagiano. Divulgação



2019-07-07

Quatro poemas de O mundo sem explicação, livro de Ronaldo Cagiano que integra a coleção Clepsydra, organizada por Gisela Ramos Rosa para a editora portuguesa Coisas de Ler.
 
Cagiano é mineiro de Cataguases, formou-se em Direito, viveu em Brasília e São Paulo e está radicado em Portugal há 3 anos. Autor, dentre outros, de Dezembro indigesto (Contos, Prêmio Brasília de Literatura 2001), O sol nas feridas (Poesia, Ed. Dobra, SP, Finalista do Prêmio Portugal Telecom 2013) e Eles não moram mais aqui (Ed. Patuá, SP, Prêmio Jabuti de Contos 2016).

PALIMPSESTOS

 

Sob a pele das palavras
mil mundos me contemplam
com um desafio de esfinge:

 

palácios
cemitérios
a náusea das guerras
as nódoas do tempo
os compulsórios desertos
a teia da aranha
a teoria da relatividade
a muda órbita dos planetas
o homem sem qualidades
a quadratura do círculo
os contornos do abismo

 

O vocábulo
se espraia
sobre cada gesto

desejo
centelha
ameaça

 

e cada espinho que não vejo
                                           e piso

socorre-me do
anonimato

 

ajuda-me a dissecar
o que ainda não
     ...

Continuar lendo

AINDA NÃO TEM PLANO? SELECIONE:

MICROPAGAMENTO

R$ 6.80

ou

€ 1,10

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.


MICROPAGAMENTO

R$ 6.80

ou

€ 1,10

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.


  1. As assinaturas e os micropagamentos são necessários para manter a Revista Pessoa

  2. Precisa de ajuda ou mais informação?
  3. Entre em contato:
  4. revistapessoa@revistapessoa.com


Revista Pessoa
 



Sugestão de Leitura


Um Tiro no Escuro

  Olhem para ele. Um metro e oitenta e um. Sessenta e cinco quilos. Um taco feito de madeira de freixo. Um ótimo taco. Feito &agra ...

As mãos de Ismail

  De manhã bem cedo, chegamos à cidade de areia e pedras, meu pai estacionou em frente à nova casa, É aqui, e ...

Estudo sobre o fim: bangue-bangue à Paulista

  Vila Mariana – Vila Prudente   1 A mulher acaba de sair do prédio. É professora. Tem certa idade. N&a ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2022 REVISTAPESSOA.COM