Imagem 1555939962.jpg

Norturno

Foto: do acervo do autor



2019-04-22

Em algum momento que não precisar agora, nessa janela, perdemos a noite. Em algum salto civilizatório ela se desmanchou e o que temos hoje é esse longo dia em que, por acaso, o céu fica escuro.

Debruçado na janela, olho o resto de cidade que me resta e seu céu recortado, delineado pelos prédios ao redor, maiores que o prédio onde vivo. O céu é uma tela escura, negra, sem profundidade. Não há estrelas visíveis. Só a escuridão, margeada pelas luzes acesas em pequenas varandas e janelas. Luzes amarelas, brancos halos fluorescentes alumiando a vida interior dos apartamentos, as pessoas perdidas no seus próprios halo e toda essa luz sendo sugada para o céu escuro que paira plano sobre nós. Ou o não-céu, o tecido desestrelado. Li em algum lugar, alguma revista científica, que as estrelas e galáxias estão se afastando umas das outra a grandes velocidades, por conta da expansão do universo, que segue célere desde o big bang. Li que por causa disso, num futuro qualquer e distante, não será possível, de qualquer astro em que se esteja, olhar o céu noturno e contemplar as estrelas.

Observando o negrume que se...

Continuar lendo

AINDA NÃO TEM PLANO? SELECIONE:

MICROPAGAMENTO

R$1,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA



  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição

MICROPAGAMENTO

R$1,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA





  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição
  1. As assinaturas e os micropagamentos são necessários para manter a Revista Pessoa

  2. Precisa de ajuda ou mais informação?
  3. Entre em contato:
  4. revistapessoa@revistapessoa.com


Toinho Castro

Potiguar de Pernambuco e radicado Carioca! Assim define-se Toinho Castro, que nasceu em Natal, no Rio Grande do Norte, cresceu no Recife e migrou para o Rio de Janeiro aos 30 anos. Tudo em meio à uma família de poetas, músicos artistas. Além da poesia, trabalha com design gráfico, fotografia, vídeo e outras mídias; faz filmes (Viagem a Marte, Avenida um, Vai, foguete, entre outros) e publica versos por aí. Organizou e participou da coletânea de poemas Lendário Livro, com Aderaldo Luciano, Braulio Tavares, Nonato Gurgel, Numa Ciro e Otto. Seu trabalho enquanto poeta está ligado à construção da memória como espaço de compartilhamento, em que a poesia media uma troca vivências, percepções e expectativas. 




Sugestão de Leitura


A invasão

  Contatos imediatos, abduções e avistamentos de luzes no horizonte são temas recorrentes na nossa cultura. Encanto ...

Uma menina que não era minha mãe

  Meu pai estava na UTI, nos estágios finais da doença que o levou do mundo, o mundo pelo qual ele tanto andou. Fui at&eacu ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2019 REVISTAPESSOA.COM