Imagem 1552297857.jpg

O poeta de Pondichery

Na foto: Adília Lopes. Divulgação



2019-02-26

Confira trecho do livro da autora portuguesa Adília Lopes que a Moinhos lançará em breve no Brasil.

Diderot (ou quem fala por ele em Jacques le Fataliste) recebe um jovem que escreve versos. Acha os versos maus e diz ao jovem que ele há-de fazer sempre maus versos. Diderot preocupa-se com a fortuna do mau poeta. Pergunta-lhe se tem pais e o que fazem. Os pais são joalheiros. Aconselha-o a partir para Pondi- chéry e a enriquecer lá. E a que sobretudo não publi- que os versos. Doze anos mais tarde o poeta volta a encontrar-se com Diderot. Enriqueceu em Pondi- chéry (juntou 100 000 francos) e continua a escrever maus versos.

Porque é que o mau poeta deve ir para Pondichéry e não para outro lugar? Porque é que os seus pais são joalheiros? Porque é que juntou 100 000 francos?   E porque é que passou doze anos em Pondichéry? Não sei explicar. O que me atrai é precisamente isto: Pondi- chéry, pais joalheiros, 100 000 francos, doze anos.

 

I

 

Voltou de Pondichéry no meio
de...

Continuar lendo

AINDA NÃO TEM PLANO? SELECIONE:

MICROPAGAMENTO

R$1,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA



  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição

MICROPAGAMENTO

R$1,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA





  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição
  1. As assinaturas e os micropagamentos são necessários para manter a Revista Pessoa

  2. Precisa de ajuda ou mais informação?
  3. Entre em contato:
  4. revistapessoa@revistapessoa.com


Revista Pessoa
 



Sugestão de Leitura


Vas preposterum

  Flectere si nequeo superos, Acheronta movebo. Virgílio   Respondeu que já tinha declarado o tom ridí ...

A Nova ordem

Cap. I A Nova Ordem proclama seu advento. O fechamento das universidades e a morte do pensamento crítico.     Anoite ...

O corpo erótico das palavras

O paulista Raduan Nassar publicou apenas quatro livros: o romance Lavoura arcaica (1975), a novela Um copo de cólera (1978), o volume de c ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2019 REVISTAPESSOA.COM