Imagem 1549882544.jpg

Billie Holiday nunca existiu

Na foto: Billie Holiday. Domínio Pùblico



2019-02-11

Colocaram um policial na porta do quarto da cantora. Para impedir que aquela sombra, esquálida, envelhecida e algemada escapasse dali. Ela provavelmente teria recebido voz de prisão se recebesse alta. E provavelmente pensava nisso nos seus momentos finais.

O filósofo analítico Ludwig Wittgenstein costumava se perguntar o que acontece como significado de um nome próprio (signo singular, que aponta para apenas um ser no mundo) depois da morte de seu portador. O nome deixa de significar, porque deixa de se referir a algo que exista no mundo? O nome continua significando, e com isso faz com que o morto siga existindo no mundo? O nome passa a ser como a palavra “unicórnio”, ou “Deus” que se referem a objetos cultural ou antropologicamente criados?

O que há num nome, perguntava a Julieta de Shakespeare.

Eleanora Fagan nasceu há mais de cem...

Continuar lendo

AINDA NÃO TEM PLANO? SELECIONE:

MICROPAGAMENTO

R$1,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA



  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição

MICROPAGAMENTO

R$1,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA





  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição
  1. As assinaturas e os micropagamentos são necessários para manter a Revista Pessoa

  2. Precisa de ajuda ou mais informação?
  3. Entre em contato:
  4. revistapessoa@revistapessoa.com


Caetano W. Galindo

É professor do curso de Letras da Universidade Federal do Paraná e tradutor. Fotografado por Kate Griffin.




Sugestão de Leitura


Formas, fôrmas, fórmulas

Eu comecei a pensar nisso aqui logo depois de terminar a leitura de Conversations with Friends, de Sally Rooney (que saiu no Brasil como Conversa ...

Paraleralia

  Essa não é a minha última coluna na Revista Pessoa. Era pra ser. Talvez devesse ser.  No fim de 2018, um p ...

Lugares e Livros (II) Cordisburgo

  Eram nove e meia da manhã de uma quarta-feira. Cordisburgo. Interior de Minas Gerais. Um grupo de professores e tradutores brasi ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2019 REVISTAPESSOA.COM