Imagem 5269854509_4a5c1efe00-201x300.jpg

O país do Carnaval



2015-07-17

Noventa por cento do romance de estreia de Jorge Amado se compõe de diálogos nos quais, principalmente, meia dúzia de intelectuais da província debatem uma crise existencial que ecoa longinquamente a Revolução de 1930, ponto de partida para a ditadura Vargas e para uma polarização duradoura da política brasileira. A personagem principal é Paulo Rigger, filho de um fazendeiro baiano, que no primeiro capítulo está chegando da Europa e no desfecho do livro está voltando para lá. Quanto ao recheio daqueles diálogos, não se eleva muito acima da filosofia de botequim.

Se a partir daí Jorge Amado iria tornar-se o escritor brasileiro mais bem-sucedido – para alcançá-lo simbolicamente, Paulo Coelho ainda está devendo alguns filmes e minisséries da Globo –, teria sido difícil profetizar tal glória apenas lendo O país do Carnaval (1931), cuja segunda edição já no ano seguinte à primeira não pode ser explicada por nenhum fator estritamente literário.

Sucesso de público poucas vezes se vincula à qualidade da obra,...

Continuar lendo

AINDA NÃO TEM PLANO? SELECIONE:

MICROPAGAMENTO

R$1,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA



  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição

MICROPAGAMENTO

R$1,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA





  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição
  1. As assinaturas e os micropagamentos são necessários para manter a Revista Pessoa

  2. Precisa de ajuda ou mais informação?
  3. Entre em contato:
  4. revistapessoa@revistapessoa.com





Sugestão de Leitura


Hospício é Deus

  Há consensos elementares dos quais o louco não logra participar. Nem ele nem os escritores que penetram de fato no absurd ...

O professor Jeremias

O desfecho que leva à risada filosófica já é um belo saldo. A cena final de O professor Jeremias (1920), protagonizad ...

Jorge, um brasileiro

Pense num Riobaldo caminhoneiro. Agora, pense num Riobaldo que não tenha grandes coisas a dizer: sem metafísica, sem experiên ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2019 REVISTAPESSOA.COM