Imagem 1520623252.jpg

15 anos de poesia portuguesa: heterodoxias ou nem tanto

Foto: Real Gabinete Português de Leitura. Reprodução



2018-03-15

 

Como ler as eventuais pontes que, nos bastidores de congressos e colóquios, festivais e lançamentos de livros se fazem entre autores e editores? Que repercussão há de colóquios e certames no que respeita à publicação de poetas portugueses em editoras africanas e poetas africanos em editoras portuguesas? E no Brasil, que se publica da nova geração de poetas angolanos, cabo-verdianos, moçambicanos e são-tomenses, guineenses e de outras latitudes da superlativa “lusofonia”?

 

 

A Gilda Santos, Ida Alves, Jorge Fernandes da Silveira,
Luis Maffei e Dona Cléo - presença real -
pelo que dão à literatura portuguesa.

 

I

Creio que, para responder às inquietações deste breve inquérito, se impõe fazer um exercício de verdade. A complexidade das literaturas portuguesa e brasileira, bem como as que em África em português se escrevem, impede-me de traçar com a completude desejada o panorama das tensões e contradições ocorridas nos últimos quinze anos neste plano cultural.

Parece-me que não conhecemos (nem isso será inteiramente possível) o que se escreve em todo o Brasil, cuja dimensão continental...

Continuar lendo

AINDA NÃO TEM PLANO? SELECIONE:

MICROPAGAMENTO

R$1,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA



  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição

MICROPAGAMENTO

R$1,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA





  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição
  1. As assinaturas e os micropagamentos são necessários para manter a Revista Pessoa

  2. Precisa de ajuda ou mais informação?
  3. Entre em contato:
  4. revistapessoa@revistapessoa.com


António Carlos Cortez

António Carlos Cortez (Lisboa, 1976). Poeta, professor de Literatura Portuguesa, ensaísta e crítico literário (colaborador permanente do Jornal de Letras e das revistas Colóquio-Letras e Relâmpago), publicou desde 1999 dez livros de poesia, os dois últimos já em 2016: A Dor Concreta – antologia pessoal 1999-2016 (Tinta-da-China) e Animais Feridos (Dom Quixote). Está publicado no Brasil na editora Jaguartirica, do Rio de Janeiro, com a antologia O Tempo Exacto (1ª edição, 2015; Abril de 2017, 2ª edição) e traduzido em edição bilingue (poemas em inglês, castelhano, alemão, italiano, francês, holandês e romeno), no Lirikline – European Poetry Observatory. Até ao fim de 2017 sai na Bulgária o seu livro inédito, Corvos Cobras Chacais, igualmente a publicar no Brasil durante este ano. Publicou em 2005 Nos Passos da Poesia – a pedagogia do texto lírico (Apenas Livros). Foi finalista do Correntes d’Escritas – Festival Literário Casino da Póvoa 2017. Recebeu em 2011 o Prémio da Sociedade Portuguesa de Autores para melhor livro de poesia de 2010 com Depois de Dezembro (editora Licorne). É consultor do Plano Nacional de Leitura e membro da Direcção do PEN Clube Português. 




Desenvolvido por:
© Copyright 2019 REVISTAPESSOA.COM