Imagem 1519741743.jpg

O Politicamente correcto é a nova censura. Talvez. Talvez não

Imagem. Reprodução: Thérèse Dreaming, Balthus-1938



2018-02-27

 

É com o ponto de interrogação que quero pensar a correcção ou incorrecção política, sempre questionadas à luz de um critério não estanque. Será correcto tudo o que possa contribuir para atenuar a exclusão, o estigma, a desigualdade, a marginalização de minorias, a diferenciação de direitos em função de género, raça, classe, poder económico, sexualidade etc.  

 

O politicamente correcto é uma nova censura ou o politicamente correcto é a nova censura?

Se o politicamente correcto se aplicar à arte, a qualquer tipo de arte, tendo a achar que sim. A arte é o lugar da liberdade. Na arte e, dentro dela, na literatura, pode-se tudo. É o território onde posso matar, violar, roubar, viver todas as vidas que rejeito para mim ou de que sou incapaz, no real. Posso estar na cabeça de um assassino, de um terrorista, de um violador, de um capitalista, de uma freira. Na arte e na literatura posso. Como autora de ficção, que não sou, como espectadora, ouvinte ou leitora. Porque a leitura, na literatura, não tem a ver com a literalidade. E isso vem de longe. 

Por exemplo, a Bíblia, um território de parábolas, metáforas, alusões, ilusões. São visíveis os resultados da sua interpretação à letra, da Bíblia e de todos os livros religiosos. Antes, contavam-se histórias exemplares que ensinavam a distinguir o bem e o mal e quase nunca sem recurso ao simbólico. Mas talvez...

Continuar lendo

AINDA NÃO TEM PLANO? SELECIONE:

MICROPAGAMENTO

R$1,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA



  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição

MICROPAGAMENTO

R$0,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA





  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição
  1. As assinaturas e os micropagamentos são necessários para manter a Revista Pessoa

  2. Precisa de ajuda ou mais informação?
  3. Entre em contato:
  4. revistapessoa@revistapessoa.com


Isabel Lucas

É jornalista e crítica literária. Já colaborou com vários veículos portugueses de comunicação, como a RTP, Diário Econômico e Diário de Notícias. Atualmente é colaboradora permanente do jornal Público e escreve também para outras publicações nacionais e internacionais. É autora dos livros Viagem ao Sonho Americano (Companhia das letras, Portugal - 2017) Isabel Lucas, conversas com Vicente Jorge Silva (Temas e Debates, 2013). Desde 2011 vive entre Lisboa e os Estados Unidos.




Desenvolvido por:
© Copyright 2018 REVISTAPESSOA.COM