Imagem 1509448183.jpg

Dos corpos.3 - O erotismo e a danação

Imagem. Reprodução: Hieronymus Bosch - As Tentações de Santo Antão



2017-10-31

 

josué dizia que a alimentação excessiva reduzia o apetite sexual. e a burguesia. em suas casas iluminadas já não trepava como os famintos que roçou no agreste pernambucano. tomo as suas trilhas trêmulas. sem volta. feita de um êxodo místico. de um algo que ata a força do desejo à luta pela vida. algo que do outro lado reúne erotismo e morte. limites suspensos equivale a dicotomias desfeitas. hoje no entanto os limites suspendem-se na maior parte das vezes nos nichos abastados e ricos. onde se pode tudo. fazendo com que a atmosfera seja apenas a do poder. a violência da dominação. e o prazer da posse.

 

não espere mais nada de mim. essa coluna virou a mesa. começou esfregando os pés sobre o chão rijo. e depois as pernas suaves. os dedos entrelaçados. como os primatas fazem. e a letra correu. sem dizer a que veio. os corpos entregaram-se à uma dança súbita. inebriante. sem razão ou destino. agora parecia que apenas destinar-se. a ele. ou a ela. agora apenas a destinação. sem mais sentido. ou fraseado. sem lógica. apesar da insistência. era impossível entender aquilo. o súbito é um acontecimento dos corpos. em contato.

toque.

não há nada que possa se passar sem essa reversão erótica das horas gastas. e já não quero ler bataille. para dizer. quero foder. com você. no corredor do edifício. nos escombros de nós mesmos. nos becos sujos. o erotismo é a arma possível na tornada desse crivo conservador. racista. classista.

quero a tua língua sem dentes. escrevendo as mordaças por onde andei aqui. acometer-se pelo outro é o único ato político sobre o qual insisto. e que resiste. porque o outro é...

Continuar lendo

AINDA NÃO TEM PLANO? SELECIONE:

MICROPAGAMENTO

R$0,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA



  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição

MICROPAGAMENTO

R$0,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA





  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição
  1. As assinaturas e os micropagamentos são necessários para manter a Revista Pessoa

  2. Precisa de ajuda ou mais informação?
  3. Entre em contato:
  4. revistapessoa@revistapessoa.com


Ana Kiffer
Professora Associada da Pós-Graduação em Literatura, Cultura e Contemporaneidade da PUC-Rio, escritora, curadora da Exposição ‘Cadernos do Corpo’ (CCJF, 2016), uma das fundadoras da Revista DR, pesquisadora da obra do francês Antonin Artaud. Autora dos livros A punhalada [poesia], (7Letras, 2016, coleção Megamini), Antonin Artaud (EDUERJ, 2016), e das coletâneas Sobre o Corpo (7Letras, 2016), Expansões Contemporâneas – literatura e outras formas (UFMG, 2014), Experiência e Arte Contemporânea (Ed. Circuito, 2013), entre outros artigos e ensaios.



Artigos Relacionados


dos corpos .2

    É o que permite a Foucault dizer que seus livros, por mais eruditos que tenham sido, foram sempre concebidos como ex ...

dos corpos

  .1.   lembro da sala lotada para ouvir Foucault. guardo o odor dos corpos cobertos pelas camadas que o frio impõe. ai ...

Tornar-se mulher - parte IV

  Continuarei do ponto partido. Das minhas quebras. Aquela fissura no punho esquerdo. Descoberta após o terremoto em Atenas. Quand ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2017 REVISTAPESSOA.COM