Imagem 1506613387.jpg

A gente nunca sabe muito bem se é pra rir ou pra chorar

Imagem: do trabalho visual KM0



2017-09-28

Expor-se é também uma forma de aproximação do outro. E em tempos de proto-fascismo, em que os corpos se aproximam dos outros em forma de ataque, quão revolucionário pode ser aproximar-se do outro oferecendo-se nem como alvo nem como dardo, mas como igual, espelho?

 

1.
Eu demorei muito tempo pra conseguir escrever esse texto. Fiquei semanas me deixando cercar pelas coisas que Érica Zíngano emana quando se entra em contato com o trabalho dela – fiquei deixando reverberar, prestando atenção menos no trabalho em si, e mais naquilo que ele causa em mim. Pentelhei a coitada durante semanas – enviando perguntas por email, por zap, pedindo áudios, pedindo vídeos, pedindo fotos, pedindo inéditos, comenta isso, comenta aquilo.

A certo ponto me dei conta de que a compreensão do texto seria, pra mim, que não sou crítica, impossível. Não por achar que eu seja incapaz de pensar um trabalho, mas achar, de verdade, que qualquer reflexão que eu proponha a respeito do que ela faz não esta à altura da sua complexidade.

Esse texto aqui só existe porque eu desisti de escrevê-lo. Porque eu não sei falar sobre o trabalho de Érica nem de ninguém – sei falar mais sobre a vida, talvez. Então vou tentar escrever um pouco sobre as outras...

Continuar lendo

AINDA NÃO TEM PLANO? SELECIONE:

MICROPAGAMENTO

R$0,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA



  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição

MICROPAGAMENTO

R$0,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA





  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição
  1. As assinaturas e os micropagamentos são necessários para manter a Revista Pessoa

  2. Precisa de ajuda ou mais informação?
  3. Entre em contato:
  4. revistapessoa@revistapessoa.com


Adelaide Ivánova

Adelaide Ivánova é uma jornalista, fotógrafa, poeta e tradutora brasileira, nascida em Recife em 1982. Lançou os livros autotomy (...) (São Paulo: Pingado-Prés, 2014), Polaróides (Recife: Cesárea, 2014) e O martelo (Lisboa: Douda Correira, 2016; Rio de Janeiro: Garupa, 2017). Vive e trabalha entre Colônia e Berlim, na Alemanha. Foto de Pedro Pinho.




Artigos Relacionados


Medir com as próprias mãos

Minha primeira exposição se chamou "corpo! teatro do precário" e teve curadoria daquele que era, então, meu ...

Receita para abandonar o que assombra

  Eu conheci Liwaa Yazji em 2015, num jantar na casa da pesquisadora, escritora e ativista iraniana Azadeh Sharifi. Sharifi, na ép ...

Jasmina

Jasmina Al-Qaisi (Giurgiu, 1991) é uma poeta e fotógrafa romena que mora em Berlim e trabalha como arquivista no Savvy Contemporary ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2017 REVISTAPESSOA.COM