Imagem 1504476404.jpg

O melro em Paraty

Gravura de Aluísio Carvão. Sem título



2017-09-02

O que pude observar nesses dez meses é que o Brasil parece se tornar silenciosamente um país de leitores à medida que se constitui uma nova geração de leitores negros - numa outra grande leva de leitoras mulheres a incentivar outras leitoras mulheres - que vincula leitura, cidadania, resistência e recriação. Uma imagem muito próxima da que Lima Barreto, sempre visionário, deixou no tal trecho de "Bagatelas". Via no subúrbio do Rio de sua época; quem sabe agora se possa ver em todo o subúrbio brasileiro.

 

Jeff  Fisher faz o cartaz da Flip todos os anos. O designer australiano que vive entre Londres e Paris desenhou desta vez um pássaro de plumagem estampada tal como patchwork a bordo de uma bicicleta. Atípico meio de transporte, atípica pescaria: com um anzol fisgou uma galocha que é exibida como se a asa fosse braço, o gesto lúdico a prevalecer sobre o imprevisto.

O cartaz chegou pouco depois que o programa 2017 fora anunciado. Como Fisher nunca recebe briefing, intuiu o que eu intuí, entre São Paulo e Salvador, em pontos geográficos distintos o barômetro da intolerância nos indica a mesma condição de asfixia. Paraty funcionaria como trégua, com autores e autoras reunidos para desestabilizar expectativas sobre papéis e posições, identidades e obras. A começar pelo homenageado do ano.

Em trânsito entre o centro e a periferia, Lima Barreto (1881-1922) produziu como artista da vanguarda literária e política do Brasil do pós-abolição, o racismo definiu não só o lugar que ocupou na literatura em vida como após sua morte. Por três...

Continuar lendo

AINDA NÃO TEM PLANO? SELECIONE:

MICROPAGAMENTO

R$0,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA



  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição

MICROPAGAMENTO

R$0,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA





  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição
  1. As assinaturas e os micropagamentos são necessários para manter a Revista Pessoa

  2. Precisa de ajuda ou mais informação?
  3. Entre em contato:
  4. revistapessoa@revistapessoa.com


Joselia Aguiar

É jornalista da área de livros, mestre e doutoranda em história (USP). Em jornalismo, de início trabalhou com assuntos internacionais. Na Folha de S. Paulo, foi repórter, redatora e correspondente em Londres. Assinou depois uma coluna e um blog de livros. Editou a EntreLivros, revista mensal sobre livros, já extinta. Foi curadora do Festival da Mantiqueira (2014) e da Festa Literária Internacional de Paraty (2017). É professora do núcleo de não ficção no Instituto Vera Cruz. Escreve para o jornal Valor Econômico e assina esta coluna na Revista Pessoa. A convite da editora Três Estrelas, escreveu a biografia do escritor Jorge Amado, prevista para este ano.




Desenvolvido por:
© Copyright 2017 REVISTAPESSOA.COM