Imagem 1499017401.jpg

Perdi um poema

Reprodução



2017-07-01

Tem esse poema. Um poema sobre a insuficiência das palavras. Eu amo esse poema, talvez por discordar tão forte dele. Mas ele não existe mais. Eu folheio o livro duas três vezes, ele desapareceu, não deixou nem mesmo o corpo. Pergunto a uma amiga se o poema realmente existe, sim, ela lembra dele, até leu em voz alta, "é lindo, mas não sei onde está".

*

Meus livros preferidos para reler são aqueles que levam a gente até sua própria origem. Aqueles que deixam a sensação de que estamos vendo uma estrela acabar. São mapas para este ponto.

Os mapas mais claros se fazem através da metalinguagem. Os mais robustos, através de uma metalinguagem que encarna as palavras. Não uma metalinguagem etérea, ao contrário: uma tragédia em que a palavra filho mata a palavra pai e casa com a palavra mãe e fura e sangra as palavras olhos, primeiro uma e depois a outra.

 

 

É como se as palavras, em O LIVRO DAS SEMELHANÇAS, tivessem o...

Continuar lendo

AINDA NÃO TEM PLANO? SELECIONE:

MICROPAGAMENTO

R$0,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA



  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição

MICROPAGAMENTO

R$0,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA





  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição
  1. As assinaturas e os micropagamentos são necessários para manter a Revista Pessoa

  2. Precisa de ajuda ou mais informação?
  3. Entre em contato:
  4. revistapessoa@revistapessoa.com


Sheyla Smanioto
Sheyla Smanioto nasceu em Diadema-SP em 1990. É escritora, mestre em Teoria e História Literária pela Unicamp. Migrou da periferia para o centro de São Paulo. Publicou o romance Desesterro (Prêmio Sesc de Literatura 2015) e o livro de poemas Dentro e folha (Coletivo Dulcineia Catadora). Seu segundo romance está sendo produzido com apoio do Rumos Itaú Cultural 2016. Mais no site http://sheylasm.com



Desenvolvido por:
© Copyright 2017 REVISTAPESSOA.COM