Imagem 1496068420.jpg

Escritores de volta à Universidade

Foto: Divulgação



2017-05-29

Andrea Del Fuego e Estevão Azevedo abrem o projeto Ficcionais, na USP, no dia 31 de maio

 

A Universidade de São Paulo (USP) promove Ficcionais - uma série de encontros com novos autores que ganharam destaque em prêmios literários em anos recentes. Dentre eles, alguns ligados à USP e ao mundo acadêmico. Para os dois primeiros encontros, quatro autores confirmaram presença: Estevão Azevedo (USP) e Andrea Del Fuego (USP), Antônio Xerxenesky (USP) e Sheyla Smanioto (Unicamp).

A ideia é fortalecer o interesse dos alunos de graduação em Letras pela literatura contemporânea, além de divulgar a produção de nomes importantes do cenário literário brasileiro atual.

A cada encontro, dois escritores convidados vão participar de um bate-papo com mediação de Paula Fábrio. A escritora, vencedora do Prêmio São Paulo de Literatura de 2013 na categoria autor estreante com mais de 40 anos, com seu romance Desnorteio, é uma das organizadoras responsáveis pelo projeto, ao lado de Penélope E. A. Salles, sob coordenação geral de Fabiana Carelli. Entre os temas abordados, a experiência como autor, a produção literária, o processo criativo, os desafios e aprendizados ao longo de suas trajetórias.

 

 

Primeira mesa – dia 31 de maio

Andrea del Fuego: escritora brasileira de romances, contos e livros juvenis. Autora da trilogia de contos  Minto enquanto posso, Nego tudo e Engano seu, dos juvenis Sociedade da Caveira de Cristal, Quase caio e Irmãs de pelúcia. Ganhou o prêmio Literatura Para Todos do Ministério da Educação com a novela Sofia, o cobrador e o motorista. Integra as antologias: Geração Zero Zero, Popcorn Unterm Zuckerhut (Alemanha), Other Carnivals: New Stories (Inglaterra), Brésil 25 (França), Histórias femininas, entre outras. Seu primeiro romance, Os Malaquias, foi lançado em 2010 e ganhou o Prémio José Saramago no ano seguinte. Seu último romance, As Miniaturas, foi publicado na Argentina e na França. Formada em Filosofia pela Universidade de São Paulo, é autora de romances, contos e livros juvenis.

Estevão Azevedo: escritor e editor brasileiro. Publicou a coletânea de contos "O terceiro dia" (2004) e "O som de nada acontecendo" (Edições K, 2005) e um conto publicado na coletânea de escritores brasileiros "Popcorn unterm Zuckerhut – Junge brasilianische Literatur", que saiu na Alemanha em 2013.  Também teve publicado os romances "Nunca o nome do menino" (Terceiro Nome, 2008 e Editora Record, 2016) que foi finalista do Prêmio São Paulo de Literatura 2009 e "Tempo de espalhar pedras" (CosacNaify, 2014), eleito o romance do ano pelo Prêmio São Paulo de Literatura de 2015 e traduzido para o italiano (Caravan Edizioni, 2016). Formado em Comunicação Social – Jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC) e Letras pela Universidade de São Paulo (USP), é mestre em Literatura Brasileira na mesma universidade.

 

Horário

18h – 19h30

Local

Prédio de Letras - Av. Prof. Luciano Gualberto, 403 - Cid. Universitária - Butantã - SP. Sala 260

 

 



Revista Pessoa
 



Artigos Relacionados


Anabela Mota Ribeiro fala sobre Machado na PUC-Rio

A jornalista portuguesa conversa com Silviano Santiago sobre "Corpo e melancolia em Machado de Assis". O ponto de partid ...

O encontro que mudou a cultura brasileira

O Centro Cultural São Paulo apresenta, de 25 a 30 de abril, a Semana MáriOswald: 100 Anos de uma Amizade com uma pro ...

A dor da mudança

Amor de Longe (Ficções) é um romance intertextual, que troca figurinha com Uma aprendizagem ou O livro dos prazeres, de Clar ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2017 REVISTAPESSOA.COM