Imagem 1488454611.jpg

Brincadeira



2017-02-06

Nas lixeiras imundas há crianças que brincam.

Nos destroços de um sismo há crianças que brincam.

Nas ruínas poeirentas de uma guerra há crianças que brincam.

Na mais pobre das favelas há crianças que brincam.

Nos campos de refugiados há crianças que brincam.

Na ala de oncologia pediátrica de um hospital há crianças que brincam.

Numa terra devastada por fogo ou cheias há crianças que brincam.

No mais desolador dos cenários há crianças que brincam.

 

Somos adultos, e essa calamidade se abate sobre nós como nenhuma outra. De pés firmemente assentes na terra que pisam, cautelosos, perdemos a capacidade de reinventar o mundo. Crescer roubou-nos a sabedoria da evasão, e com ela o sortilégio de habitar galáxias inventadas. Os mais afortunados de nós ainda sabem rir, encontram no riso um bálsamo libertador. Mas o humor dos adultos é feito de realidade. Alimenta-se do ridículo da vida, do absurdo e da tragédia oculta que há na condição humana. Por isso é cáustico, corrosivo, tantas vezes cínico. No humor não...

Continuar lendo

AINDA NÃO TEM PLANO? SELECIONE:

MICROPAGAMENTO

R$1,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA



  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição

MICROPAGAMENTO

R$1,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA





  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição
  1. As assinaturas e os micropagamentos são necessários para manter a Revista Pessoa

  2. Precisa de ajuda ou mais informação?
  3. Entre em contato:
  4. revistapessoa@revistapessoa.com


Ana Vidal

Ana Vidal (Lisboa, 1957) estudou Comunicação, Marketing e Publicidade e já foi jornalista, copywriter, cronista, letrista e outros istas, que uma mulher não cabe numa só pele. Brinca com palavras desde que se conhece, por gosto, impulso e necessidade de equilíbrio. É apaixonada pelo universo da lusofonia, no âmbito do qual gosta de desenvolver projetos. Outras paixões são o mar, as viagens, a música e a cozinha. É membro da Sociedade Portuguesa de Autores e do Pen Clube Português. Tem três livros publicados (nas áreas de poesia, conto e antologia) e outros tantos a fervilhar. Vive em Sintra. Na sua coluna para a revista Pessoa trabalhará o diálogo entre a literatura e as artes plásticas lusófonas.




Sugestão de Leitura


Medusas

Mulheres Cruzam, destemidas, os sete mares de todas as incompreensões. Conhecem de cor cada traço do rosto da injustiça, ...

Vórtice

Vivemos depressa demais, ansiosos e vorazes, no permanente temor de perdermos comboios e lugares ao sol se nos detivermos para respirar. Para pen ...

Silêncio

  Há um silêncio novo que trespassa paredes e soalhos, penetra todas as frinchas da casa e nela se instala como rei e senhor ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2019 REVISTAPESSOA.COM