Imagem

Feira Internacional do livro de Bogotá



2012-04-09

A programação contará com cerca de 50 escritores, debates sobre políticas de leitura, mostras de filmes nacionais, espetáculos musicais e de dança e exposições. A participação brasileira é coordenada  pela Fundação Biblioteca Nacional, vinculada do Ministério da Cultura, e pelo Ministério das Relações Exteriores, em parceria com a Câmara Brasileira do Livro e a Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil.

O pavilhão brasileiro no evento terá três mil metros quadrados e foi projetado por Daniela Thomas.

O evento será aberto pelo presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, e pela ministra da Cultura do Brasil, Ana de Hollanda. No primeiro dia da Feira, a escritora Nélida Piñon abrirá a programação geral do evento com uma mesa dedicada à sua trajetória e obra. E conversará com o escritor colombiano Guido Tamayo.

Os autores brasileiros falarão em diferentes espaços da Feira. No pavilhão brasileiro, acontecerá o ciclo Aquarela Brasileira, com a presença de autores nacionais. Os centenários de Jorge Amado e Nelson Rodrigues serão celebrados em Bogotá com leituras de trechos de seus livros por atores colombianos.

Millôr Fernandes será tema de debate com o escritor Andres Hoyos, fundador da publicação El malpensante e colunista do jornal El espectador. Guimarães Rosa será lembrado no lançamento da sétima edição do concurso literário promovido pelo Instituto Cultural Brasil Colômbia (Ibraco). O tema desta edição será O Brasil dos sonhos, em homenagem a Rosa, que exerceu funções diplomáticas em Bogotá.

Carlos Drummond de Andrade será tema de mesa (Como Ler Drummond) com Affonso Romano de Sant´Anna. Haverá mais uma homenagem a Bartolomeu Campos de Queirós, destacado autor de livros infantis morto este ano, em mesa com colombianos e brasileiros.

Ao longo da Feira, atores colombianos lerão ainda trechos de outros clássicos brasileiros, com Graciliano Ramos, Cora Coralina e Clarice Lispector.

A curadoria da programação literária foi realizada pela escritora Guiomar de Grammont, professora da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP).

Na edição de 2011, o convidado de honra foi o Equador. O Brasil já tinha sido o tema da 8a feira, realizada em 1995.

Para mais informações, consulte o site da feira.



Revista Pessoa
 



Sugestão de Leitura


Livro premiado em Portugal será publicado pela Todavia no Brasil

Romance de estreia de Itamar Viera Junior, Torto arado venceu o Prêmio Leya 2018 por unanimidade. O júri, presidido pelo e ...

Inscrições abertas para o Prêmio Leya de Literatura 2019

A edição de 2019 do Prêmio Leya receberá inscrições até o dia 30 de abril. O concurso internacion ...

Poesia liga Belo Horizonte ao Porto

A revista DiVersos, que publica poesia e tradução desde 1996 no Porto, em Portugal, dedica uma edição especial ao &ld ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2019 REVISTAPESSOA.COM