Imagem PARCEL-0.2-Homage-to-Ana-Hatherly-1024x796.jpg

Ana, prazer



2013-05-02

Nas suas peças caligráficas, Ana Hatherly desenha a linguagem verbal até a sua ilegibilidade. Coloca-a em suspenso, algures entre a mancha gráfica e a mancha plástica, e a reabilita.

Em PARCEL 0.2 e PARCEL 0.3, deparamo-nos com  o diálogo entre as letras  A e N  e um conjunto mínimo e fragmentado de manchas, traços e forma elementares.

As peças inspiradas na obra plástica e poética da autora, partilham do ludismo em torno do nome próprio ANA. A minha homenagem dirige-se diretamente a esse nome – pedra basilar da obra da autora e que nos remete para a problemática da construção / fratura...

Continuar lendo

AINDA NÃO TEM PLANO? SELECIONE:

MICROPAGAMENTO

R$ 6.80

ou

€ 1,10

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.


MICROPAGAMENTO

R$ 6.80

ou

€ 1,10

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.


  1. As assinaturas e os micropagamentos são necessários para manter a Revista Pessoa

  2. Precisa de ajuda ou mais informação?
  3. Entre em contato:
  4. revistapessoa@revistapessoa.com


Bruno Neiva
Bruno Neiva é artista plástico (técnica mista), poeta visual e reescritor português. É autor de Nuisance series, This is visual poetry, Sad items,  Nuvem Ruim, poemas visuales, entre outros livros. Seus trabalhos podem ser vistos em várias revistas e antologias europeias.



Desenvolvido por:
© Copyright 2021 REVISTAPESSOA.COM