Imagem 1521298341.jpg

A de amor, f de falso

Imagem: reprodução. Do filme F, de falso



2014-03-08

A história é famosa: em 30 de outubro de 1938, uma transmissão radiofônica dA guerra dos mundos de H. G. Wells, adaptada para simular um noticiário, convenceu alguns americanos de que os Estados Unidos estavam realmente sendo invadidos por marcianos. Nos dias seguintes, a imprensa inflou tanto o episódio que acabou alçando Orson Welles, que dirigia, estrelava e pregava a peça, para a fama.

Em 1974, Welles encerrou no cinema o ciclo que havia iniciado no rádio. F for fake (Verdades e mentiras, na versão em português) estourou a forma-documentário e inaugurou uma nova época nas artes: da metaficção dos escritores às vinhetas da MTV, tudo deve ser escrito com o F de falso. O documentário de Welles sobre falsificadores de obras de arte, e falsificador ele-mesmo (um fraudocumentário), é essencial para compreendermos a arte que veio depois – e muito do que veio antes.

As estripulias ficcionais de Orson deram cria. Muitas. Aqui no Brasil, em 1985,...

Continuar lendo

AINDA NÃO TEM PLANO? SELECIONE:

MICROPAGAMENTO

R$1,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA



  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição

MICROPAGAMENTO

R$1,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA





  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição
  1. As assinaturas e os micropagamentos são necessários para manter a Revista Pessoa

  2. Precisa de ajuda ou mais informação?
  3. Entre em contato:
  4. revistapessoa@revistapessoa.com


Victor Heringer

O poeta, cronista e ficcionista Victor Heringer  nasceu no Rio de Janeiro em 1988 e faleceu em 2018. Publicou Glória (7Letras, 2012, Prêmio Jabuti), O escritor Victor Heringer (7Letras, 2015), Lígia (e-galáxia, 2014), entre outros. Colaborou para a revista Pessoa entre 2013 e 2017.




Sugestão de Leitura


Pequena antologia de comentários em portais de notícia

  As caixas de comentários nos sites de notícia são a cracolândia da opinião pública. Por muito ...

Leva meu corpo junto com meu samba

A mãe da minha mãe, já velhinha, baixava uns santos lá em casa. O meu preferido quando criança era o erê ...

América do Sul em chamas

Eu estava num ônibus a caminho de La Paz, no que me parecia ser o meio da estrada, quando vimos os primeiros automóveis dando meia-v ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2019 REVISTAPESSOA.COM