Imagem Capa_Estudo-1_Fingimentos-723x1024.jpg

Fingimento já está disponível para download na Amazon



2014-03-14

Fingimento é uma homenagem ao poeta português Fernando Pessoa, uma celebração da poesia urdida na língua portuguesa. Reúne poemas de 15 autores da literatura contemporânea que tiveram seus poemas inéditos publicados em 2013 na seção Fingimento da revista Pessoa, sob curadoria de Luiz Ruffato.

São eles: Donizete Galvão, Ronaldo Cagiano, Victor Heringer, Antonio Barreto, Iacyr Anderson de Freitas, Eloésio Paulo, Ana Martins Marques, Moacir Amâncio, José de Assis Freitas Filho, Vera Lúcia de Oliveira, Tércia Montenegro, Adriana Lisboa, Mariana Ianelli, Camila do Valle e Dora Ribeiro.

A experiência de publicar autores contemporâneos tão distintos em uma plataforma eletrônica mostrou que, independentemente do meio, é possível respeitar o necessário decantamento do trabalho poético.

Se o meio digital, que impõe a necessidade constante do novo, parece contrário à natureza da poesia, com seu tempo lento, a existência de espaços como Fingimento pode representar oportunidade bem diversa: a de fazer circular poemas trabalhados em si mesmos, enfatizou Luisa Destri, doutoranda em Literatura Brasileira na Universidade de São Paulo, na apresentação do livro.

Apesar das afinidades entre os poetas, o interesse no trabalho com a linguagem é traço prévio comum a todas as composições reunidas em Fingimento, segundo Luisa, já que a vocação plural da seção de origem impede qualquer tipo de unidade, inclusive em termos de linhagens e heranças.

O e-book Fingimento é uma publicação do selo Mombak, que edita também a revista Pessoa.

Para adquiri-lo clique Aqui.



Revista Pessoa
 



Sugestão de Leitura


Residência literária em Maputo

  A Câmara Municipal de Lisboa abre inscrições para uma residência literária de uma mês, de 1 ...

Eutopia celebra a arte e a arquitetura em lugar inusitado

  Acomodado nas margens da Lagoa de Óbidos, o complexo turístico Bom Sucesso Resort vai receber a primeira ediç ...

O dia do Bruxo do Cosme Velho

  Retomar a tradição iniciada por Rui Barbosa, que em 1909 reuniu inúmeros escritores na porta da casa de Machado de ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2023 REVISTAPESSOA.COM