Imagem 1488915747.jpg

1

Em passeio por uma feira de velharias nos arredores de Lisboa, dei há semanas com um homem desgrenhado e de pele tisnada que, sobre uma mesa de praia, entre slides pornográficos da década de setenta, meia dúzia de bibelôs empoeirados, e uma bandeira do Sport Lisboa e Benfica, vendia dez fotografias numeradas de um parto, tiradas em Angola, em Janeiro de 1969. Nelas, um médico branco auxilia uma parturiente negra. À volta de uma cama de enfermaria, outras mulheres aguardam o nascimento, todas com o mesmo olhar compenetrado e meio desconfiado, algumas agarrando as pernas à mulher, tentando ajudá-la. As dez imagens apresentam os vários momentos do parto, excepto o nascimento, cujo registo, se existiu, se terá perdido algures. Quis comprar as imagens que, a princípio, não fui capaz de olhar de frente. Tudo se deu sem que conseguisse explicar a mim mesma porque tinha de as trazer. Se me tivessem perguntado, teria respondido que me surpreenderam como uma centelha de mistério às mãos de um homem tocado pelo azar...

Continuar lendo

AINDA NÃO TEM CONTA? SELECIONE:

MICROPAGAMENTO

R$0,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Voçê pode acessar apenas ao artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA



  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição
  1. As assinaturas e os micropagamentos são necessários para manter a Revista pessoa

  2. Precisa de ajuda ou mais informação?
  3. Entre em contato:
  4. revistapessoa@revistapessoa.com

Djaimilia Pereira de Almeida
Djaimilia Pereira de Almeida nasceu em Luanda em 1982. Estudou Teoria da Literatura na Universidade de Lisboa. Arrebatou a cena literária portuguesa com "Esse cabelo" (Teorema/Leya, 2015), seu primeiro livro. Vive em Lisboa.



Artigos Relacionados


Três incêndios

Em 2016 conheci três pessoas cujas casas arderam na última década. Apenas em Dezembro me apercebi da coincidência. Esta ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2017 REVISTAPESSOA.COM