Imagem 1488401567.jpg

O mal estar entre os viventes

2017-02-28


O MAL ESTAR ENTRE OS VIVENTES

 

Júlia de Carvalho Hansen

 

 

Noite dessas tive um sonho curioso. Eu estava no alto de uma ladeira comprida, da onde era possível avistar um porto de navios cargueiros lá embaixo. Esperava por um famoso historiador que tinha acabado de chegar de viagem e me encontraria lá em cima. Era de noite. Ele subia a rua com facilidade, como se estivesse numa escada rolante, tão leve e ágil que nem parecia ter viajado por meses. Me surpreendeu o seu aspecto oriental, pois eu tinha certeza de que encontraria um inglês professor de Cambridge. Logo que ele se apresentou entendi que seu nome era um disfarce para esses tempos difíceis. Ele me contou que vinha de Hiroshima, o que me causou uma indagação: “então estamos nos anos 40?”; e ele: “sim, no final”. “Quer dizer que sobrevivemos à guerra?” perguntei; ao que ele respondeu: “isto já não sei dizer”. Achei que sua aparência também era um disfarce, o colete cheio de bolsos, a boina contra o sol, a...

Continuar lendo

AINDA NÃO TEM CONTA? SELECIONE:

MICROPAGAMENTO

R$0,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Voçê pode acessar apenas ao artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA



  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição
  1. As assinaturas e os micropagamentos são necessários para manter a Revista pessoa

  2. Precisa de ajuda ou mais informação?
  3. Entre em contato:
  4. revistapessoa@revistapessoa.com

Júlia de Carvalho Hansen
Júlia de Carvalho Hansen é poeta, astróloga e uma das editoras da Chão da Feira. Estudou literatura na Universidade de São Paulo e na Universidade Nova de Lisboa. Tem livros publicados no Brasil e em Portugal, sendo o mais recente deles "Seiva veneno ou fruto" (Chão da Feira, 2016). Estreia em breve coluna na revista Pessoa.



Artigos Relacionados


Banana Nanika

zzzzzzucazzzzzzzz BANANA NANIKA quatro quadrinhas rapp-rapp %%%%%%%%%   BANANA Banana coma Nanica buona semi-coma ...

Rasgos

Quando ganhou o Premio Nobel, Wislawa Szymborska disse que a primeira frase de um discurso era a mais difícil: “Pois bem, essa eu j& ...

Vila dos confins

Livro que, segundo o próprio autor, “nasceu relatório, cresceu crônica e acabou romance”, Vila dos confins (1956) ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2017 REVISTAPESSOA.COM