/

Casa

Conto de Rafael Gallo

Escrito por Rafael Gallo em 2 de setembro de 2013

OPÇÔES

COMPARTILHE

I

 

Eu não podia acreditar no que meus olhos viam. Minha casa desfeita, desentranhada pedaço a pedaço pelos guardas, começando por mim. Era cada vez mais clara a mensagem contida no estrado da cama encostado de pé ao muro, na geladeira a esquentar muda sob o sol e nos armários bambos sobre a calçada: eu perdera meu lar.

Ainda reverberava em minha lembrança o estrondo do arrombamento da porta pelos policiais. O revide por eu tê-la batido na cara do oficial de justiça. Quando os vi dentro da sala, percebi minha derrota: de nada adiantara me trancar, ter me livrado de todas as notas de despejo. Saí sem maior resistência, em silêncio. Meu coração frio como o de um homem morto.

 

Este conto faz parte do ebook Desassossego, organizado por Luiz Ruffato, e disponível para compra no site da Amazon.


Rafael Gallo

Rafael Gallo

Rafael Gallo é escritor, produtor musical e professor na área de trilha sonora. Seu livro de contos, Réveillon e outros dias, foi vencedor do Prêmio Sesc de Literatura 2011/2012 e o conto que lhe dá título foi um dos selecionados para integrar o segundo número da Revista Machado, na tradução para o espanhol. Como docente, atua na AIC - Academia Internacional de Cinema.


Pub

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Newsletter

Nome:

Email:

Todo o conteúdo da revista Pessoa está licenciado sob a CC-by-nd-3.0, exceto
quando especificado em contrário e nos conteúdos replicados de outras fontes.

Desenvolvimento: Prima Estúdio