Nunca houve tanto fim como agora

Havia momentos em que nos sentíamos tão desamparados que mais parecíamos carpideiras uns dos outros. Seres escanzelados proc ...

Vila dos confins

Livro que, segundo o próprio autor, “nasceu relatório, cresceu crônica e acabou romance”, Vila dos confins (1956) ...

Os espaços da Poesia

Radicado em Budapeste, na Hungria, o poeta, cineasta, editor e performer carioca Márcio-André De Sousa Haz atravessa a literatura, ...

Tito e a Taxidermia, ou E se Tito Estivesse no Twitter?

“Os peleiros distinguem entre uma ampla variedade de peles de raposa em termos de cores – vermelha, púrpura, chamejante, ...

O mal estar entre os viventes

O MAL ESTAR ENTRE OS VIVENTES   Júlia de Carvalho Hansen     Noite dessas tive um sonho curioso. Eu estava n ...

Credo

Cedo me ensinaram a crer em Deus-Pai-todo-poderoso, em Maria-Mãe-sem-mácula (escrevia-Os sempre com maiúscula) e numa vida e ...

Neta de sapateiro

  Os mineradores insurgem no fundo da tela, come se saíssem de suas minas. Então emerge a outra beleza, a beleza estranh ...

Na primeira estação

Ficou para trás, minha pequena leitora de Bogotá. Prometida há algum tempo a quem lê esta coluna, continua presa a meu ...

Impressões do Peru

1. Quando eu era menino, queria viver num hipermercado, desses que vendem de iogurte a pneus. Fui crescendo e subindo na pirâmide de necessidades ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2017 REVISTAPESSOA.COM